12 / 12 / 2019

Nasa revela detalhes do novo rover que será enviado a Marte

tecnologia

Nasa revela detalhes do novo rover que será enviado a Marte

Robô é similar ao Curiosity, que chegou ao planeta em 2012, mas traz uma série de upgrades que permitirão a captura de mais informações, imagens e até sons

A Nasa revelou nesta terça-feira (10) mais detalhes sobre o Mars 2020, rover que será enviado para explorar a superfície do planeta vermelho em julho do ano que vem. O novo rover tem um design similar ao do Curiosity, que explora a superfície do planeta vermelho desde 2012. Entretanto, tem uma série de upgrades que vão possibilitar a coleta de mais informações e também simplificar a operação das equipes de controle em Terra.

Uma das principais novidades são as câmeras. Curiosity tem 17 câmeras, sendo que 4 delas são capazes de imagens a cores. Mars 2020 tem 23 câmeras, a maioria delas a cores. Além disso, a Mastcam-Z, câmera montada na ponta de um braço robótico, agora pode dar zoom e fazer fotos e panoramas em HD, o que promete imagens ainda mais impressionantes de nosso planeta vizinho. E pela primeira vez um rover tem “orelhas”: dois microfones capazes de captar os sons da atmosfera marciana e das ferramentas em operação.

Selfie da Curiosity, feita na superfície de Marte

O cérebro do rover também sofreu um upgrade considerável, e agora conta com certa capacidade autônoma, permitindo que calcule caminhos até um objetivo cinco vezes mais rápido do que o Curiosity. A meta é condensar as operações do dia, que incluem a análise dos dados do dia anterior, programação de objetivos e definição de rotas, em cinco horas em vez das sete atuais, o que permitirá ao rover cobrir mais terreno e coletar mais amostras.

As ferramentas na ponta do braço robótico também sofreram um upgrade, incluindo uma broca maior para obtenção de amostras de rochas. Com isso todo o conjunto ficou mais pesado (45 kg). As rodas foram reforçadas, para suportar melhor as rochas pontiagudas no solo marciano, e o peso total do rover também aumentou: são 1.025 kg, 126 a mais do que no Curiosity.

Mars 2020 irá explorar a cratera Jezero, local que um antigo delta de um rio. A missão é procurar por sinais de vida passada, as “bioassinaturas”, e capturar amostras de rochas e solo que possam ser recuperadas por missões futuras e trazidas à Terra.

Fonte: Nasa


Mais do Blog
Orçamento Online